05
12
2012

Jardim Vertical: Faça você mesmo!

Por: rebeca | Decoração, Dicas 
0

Cultivar um jardim de flores, que enfeite e alegre o ambiente, ou mesmo uma horta, para ajudar a incrementar a gastronomia do lar, são objetivos de muitos que procuram morar em casas ou em sítios. Embora o espaço de um apartamento em um prédio pareça não permitir a criação de plantas, alguns não abrem mão de ter seu jardim particular e decidem investir no jardim vertical.

Jardim Vertical: Faça você mesmo! - Cerbras

Esse modelo de jardim permite explorar os mais diferentes espaços, e em muitos casos, aproveitar lugares que antes não havia nada. Além de incrementar o ambiente, faz-se melhor uso dele. O segredo está no planejamento que possibilita usar paredes, e nos cuidados diferenciados, pois, ao contrário dos jardins horizontais, o índice de sol, sombra e água que um jardim vertical receberá vai variar muito conforme o lugar onde foi posto. Por isso o planejamento, desde a escolha do local, das plantas e do método de cultivo, é tão importante para o sucesso dessa empreitada!

Para começar, a escolha das plantas. É importante basear-se mais nas suas características físicas e biológicas que estéticas, apesar de qualquer planta poder ser utilizada em um jardim vertical. É preciso saber se a planta vai sobreviver no local escolhido, e se ela não vai acarretar nenhum transtorno. Confira uma lista de plantas para os ambientes mais comuns e tenha uma melhor ideia de qual espécie escolher para cada local:

- Ambientes internos com meia sombra: bromélias, lírio da paz, aspargo, asplênio, euonymus e avenca.
- Áreas externas e ensolaradas: liríope, cinerária marítima, ixória, brinco de princesa, érica, heras, lágrima de cristo, aspargo, gerânio e flores de época.

Outras opções são as mudas de temperos (salsinha, manjericão, alecrim…), que vão permitir criar uma mini-horta e incrementar os pratos da casa!

Jardim Vertical: Faça você mesmo! - Cerbras

Para montar, procure a opinião de um paisagista que fará uma melhor sobre o uso do local e os cuidados com a estrutura, pois é preciso chumbar a parede, impermeabilizar e criar o sistema de irrigação. Entre os diversos métodos, há dois que possibilitam que você mesmo crie, são jardins utilizando garrafas PET e fibras de coco. Confira o passo-a-passo para montar você mesmo um jardim vertical:

- Escolhendo a parede
Criando o jardim com as garrafas PET, é necessário se certificar se seu piso possa receber umidade, pois a tendência é a água cair no chão. Por isso procure por espaços com o chão gramado ou em um lugar onde a água possa escorrer.

- Escolhendo, lavando e cortando as garrafas
O tamanho do seu jardim dependerá do número de garrafas, uma vez que elas ficarão dispostas ao lado e sobre a outra. Faça um corte no centro da garrafa, o suficiente para plantar uma muda, e não corte as laterais para que não ocasione vazamentos.

Plantando
Coloque dentro da garrafa uma manta geotêxtil, que ajuda na drenagem da planta, e algumas pedras. Depois coloque a planta. No lado oposto, crie alguns pequenos furos para que a planta não se afogue.

Fixando na parede
Escolha uma maneira para fixar o vaso. É recomendado usar varais e por as garrafas ao lado da outra.

Cultivando
Programe-se para cuidar da planta e fornecer o necessário para seu desenvolvimento.

Jardim Vertical: Faça você mesmo! - Cerbras

Com um pouco de criatividade e cuidados, é possível modificar o ambiente e melhorar a qualidade de vida!

Acompanhe nossas redes através do Facebook e Twitter para curtir mais dicas de como melhorar a vida no lar.

Com informações de MdeMulher


* * * * * (1) votos.
 










* Campos obrigatórios


CERBRAS - Expo Revestir 2011 - ING
calculadora de rendimentos
caculando os dados...
Utilize nossa calculadora de rendimentos para obter as quantidades necessárias de Cerâmica, argamassa e rejunte para sua obra.
Produto
Posição     RETA  DIAGONAL
mais acessados